Conectar-se

Esqueci minha senha

Página no Facebook
Tópicos Recomendados
Últimos assuntos
» Quer o status de ADM de volta Rachel?
Sab Abr 14, 2018 1:56 pm por Qahnaarin

» Voltando do rio Estige...
Sab Abr 14, 2018 1:56 pm por Qahnaarin

» Censo sem serventia do fórum
Qui Jan 04, 2018 1:30 am por Qahnaarin

» Ahzidal Ring of Arcana :melhor item de destruição
Qua Nov 29, 2017 11:45 am por Qahnaarin

» Próximo game da série TES
Dom Jul 30, 2017 6:23 pm por Qahnaarin

» Próximo game da série TES
Qua Jul 26, 2017 12:03 pm por Raffitos666

» Estudo de Necromancer incompleto
Dom Maio 07, 2017 4:48 am por Saron Vacun

» Lista de Mods que você precisa ter em seu jogo
Qua Abr 12, 2017 11:48 pm por Qahnaarin

» Conquistas do Skyrim na STEAM
Qua Abr 12, 2017 11:46 pm por Qahnaarin

» Dmg Máximo
Qua Fev 15, 2017 1:04 pm por Ancient Mage DOVEZ

Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Top dos mais postadores
Lady Shadow (1199)
 
Qahnaarin (1039)
 
Matos (807)
 
Heisenberg (377)
 
DinoBlue (375)
 
ADMORAES65 (342)
 
Narrador (266)
 
Sheklon (216)
 
Azazel (200)
 
Ersinoe (173)
 


The Warrior's Charge: An old poem of the Redguards (O Fardo do Guerreiro: um antigo poema Redguard) - Desconhecido - [Morrowind, Oblivion, Skyrim]

Ir em baixo

The Warrior's Charge: An old poem of the Redguards (O Fardo do Guerreiro: um antigo poema Redguard) - Desconhecido - [Morrowind, Oblivion, Skyrim]

Mensagem por Qahnaarin em Dom Maio 04, 2014 8:49 pm

The Warrior's Charge: An old poem of the Redguards
O Fardo do Guerreiro: um antigo poema dos Redguards
Autor Desconhecido






[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




Descrição
Um antigo poema redguard que quanto lido garante o ganho de 1 nível de Conjuração para o jogador.




O Livro:


Estrelas contando um conto distante,
Envoltas na prata do justo Yokuda.
Guerreiro vestido em vela arfante,
Da cobra o laço é seu fardo na luta.

O mestre da runas, de tédio tão cedo,
o navio abandona na noite ousada.
Serpente enroscada acorda com medo,
Escamas tiradas, camisa vestida.

Senhora do leste, frente ao animal,
do sono inquieto, acorda assustada.
Acesos seus olhos gritando pro mal,
o verme formoso olhando assombrado.

Corcel enviado, a mensagem, valor.
Desfeita não deve, por merecimento.
Escamas passeiam na noite, o fulgor.
Guerreiro vivido impõe o tormento.

Desperta a serpente, se chega pra perto,
o alvo descoloca pro plano à frente.
Guerreiro e espada a ferem por certo,
e o fardo é desfeito em jura ardente.

avatar
Qahnaarin
High King

Mensagens : 1039
Data de inscrição : 31/01/2014
Idade : 26

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum